Os Estudos das Mulheres na Universidade Espanhola: O caso do SIEM

Revista Extensão em Foco, nº 4, jul./dez. 2009, pp: 63-74.

Título Completo: Os Estudos das Mulheres na Universidade Espanhola: O caso do Seminario Interdisciplinar de Estudios de las Mujeres da Universidade de León.

Autoras: Ana Isabel Blanco García y Daniele Leoz.

Tal como se expõe no último informe da Fundación Española para la Ciencia y la Tecnología, apesar que o ambiente político favoreceu mudanças normativas, o ambiente acadêmico sofreu poucas variações: a diferença entre mulheres e varões segue sendo importante em altos cargos nos âmbitos da educação superior e na investigação; os estudos de gênero seguem sendo escassos e não necessariamente sustentáveis; a igualdade de gênero ainda não foi adotada como um critério de qualidade e a revisão dos programas educativos – para eliminar os preconceitos de gênero – são todavia uma tarefa pendente. Este artigo começa expondo os antecedentes do SIEM (Seminario Interdisciplinar de Estudios de las Mujeres) da ULE (Universidade de León) para passar a descrever seu processo de formação e à continuação fazer referência às formas de resistência e adaptação que tiveram que ser implementadas para esquivar os processos de bloqueio e exclusão social aos quais esteve submetido. Finalizamos com a exposição das atividades realizadas, apesar das barreiras que se ergueram a nossa volta

Leer Artículo Completo.

Responder

Introduce tus datos o haz clic en un icono para iniciar sesión:

Logo de WordPress.com

Estás comentando usando tu cuenta de WordPress.com. Cerrar sesión / Cambiar )

Imagen de Twitter

Estás comentando usando tu cuenta de Twitter. Cerrar sesión / Cambiar )

Foto de Facebook

Estás comentando usando tu cuenta de Facebook. Cerrar sesión / Cambiar )

Google+ photo

Estás comentando usando tu cuenta de Google+. Cerrar sesión / Cambiar )

Conectando a %s